ainanas.com - deixa-te viciar!
Menu
Jogador do Farmville pede Subsídio para Quinta

O Farmville é uma autêntica praga do Facebook. Não há dia em que não receba um árvorezinha ou um pedido para ser vizinho no raio do jogo. Mas há quem leve a brincadeira MUITO a sério. O Mário Dias, de 16 anos, decidiu escrever uma carta ao ministério da agricultura para saber se era possível ter apoios para a sua quinta virtual.

Olá boa noite,

Chamo-me Mário Dias e contacto com vexas pelo seguinte:

Tenho 16 anos e sou legitimo proprietário de uma quinta virtual que administro no facebook. Passo grande parte do meu dia a angariar novos vizinhos, a cuidar da minha horta e dos meus produtos, sem nunca descuidar o tratamento dos porquinhos e galinhas.

O meu primo Pipas sempre teve uma quinta muito mais pequena que a minha e ele pouco cuida dela (só lá vai uma vez por dia e durante uma hora apenas), foi por isso com espanto que ontem verifiquei que a quinta dele é neste momento uma quinta de luxo quando comparada com a que eu administro. Ele disse-me que arranjou um subsidio e que se eu queria uma quinta igual tinha de o conseguir também.
Desta forma, venho perguntar o que preciso fazer para obter um subsidio para a minha quinta, não sei se me aconselha a inscrever num programa de apoio a jovens agricultores, se existe algum subsidio comunitário dirigido a administradores de quintas virtuais, se me tenho de dirigir a algum lado…
Pedia uma mão amiga que me auxilie para que possa continuar a ter sucesso neste mundo da lavoura virtual.
Não vos faço perder mais tempo.

Despeço-me com consideração e na esperança de receber uma resposta,
Mário Dias

A resposta não se fez tardar:

Exmo Senhor,

A sua actividade agrícola é virtual numa rede internacional de relacionamento social. Não possui V. Exª nenhuma exploração agrícola real. Existem ajudas comunitárias para o sector (incluindo jovens agricultores) mas apenas para explorações reais. Nada virtual. Acresce que estes apoios comunitários se regem por normas bastante rigidas tendo sempre por base a implementação, de facto, de projectos.
Por tudo isto, se esclarece que não possuimos nenhuma possibilidade de atribuição de subsídios a todo ou qualquer projecto que não seja real.

Cumprimentos

C. Guedes
Secretária da Direcção
Ministério da Agricultura.

Há loucos para tudo.

— NOTA —

Aparentemente este texto afinal não foi escrito por um miudo de 16 anos mas sim pelo joao pinto costa no blog “mail de um louco”. Isso não foi referido inicialmente no post uma vez que recebemos este texto por mail para publicar como se fosse verdadeiro.



MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST