ainanas.com - deixa-te viciar!
Menu
“Sei que isto me vai matar….”
“Sei que isto me vai matar….”

Billy tem 31 anos, sonha um dia ser tatuador profissional. Tem um filho de 5 anos e gostava de não ser viciado em heroína. Ainda assim, mesmo durante a entrevista não consegue parar de se injetar e assume saber que isto o vai matar, mais dia menos dia. 

A CNN foi até às ruas de Boston falar com alguns viciados em heroína para tentar perceber o devastador regresso em força desta droga e de outras semelhantes às ruas da américa.

Billy tem 31 anos, sonha um dia ser tatuador profissional. Tem um filho de 5 anos e gostava de não ser viciado em heroína. Ainda assim, mesmo durante a entrevista não consegue parar de se injetar e assume saber que isto o vai matar, mais dia menos dia.

A américa está a atravessar uma crise de toxicodependencia de opioides como já não se via há mais de uma década e ainda não é claro porque é que estas drogas tão destruidoras voltaram a ganhar popularidade e arrastar tanta gente para uma vida de completa miséria.

Estas drogas simplesmente não são compatíveis com um estilo de vida em sociedade. A partir do momento em que se fica agarrado vive-se para mais uma dose e nada mais importa. Tudo começa a ruir: primeiro no emprego, depois em casa, depois na saúde… até não restar nada. Mesmo assim, milhares experimentam e ficam agarrados todos os anos.


 



MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST


Categoria/s: Curiosidades