ainanas.com - deixa-te viciar!
Menu
D-LAY: O Amanhã Não Espera
Post Patrocinado
D-LAY: O Amanhã Não Espera

É por vezes das fases mais complicadas que a inspiração mais se manifesta: D-Lay transformou o período complicado em que se encontrou no desemprego para fazer algo com que sonhava.

É por vezes das fases mais complicadas que a inspiração mais se manifesta: D-Lay transformou o período complicado em que se encontrou no desemprego para fazer algo com que sonhava: criar o seu 1º EP a solo.

Hip Hop em 6 faixas de rimas e batidas (+ 1 faixa bónus para quem tem o CD) com participações de Mr. Razor, Dizzy (Som Mudo), D-Void, Fuse, Pascoal, Kadypslon, Dellafyah e Fat Cap.

De destacar SENHORES DA GUERRA (feat. Fuse), a 4ª faixa do EP e MEU MANO, a 6ª faixa:

SENHORES DA GUERRA

MEU MANO

Dá o teu apoio nas redes sociais e acompanha nas plataformas digitais:

INSTAGRAM| FACEBOOK
YOUTUBE | SPOTIFY 

Biografia

D-Lay é o nome artístico de Diogo Seixas, Rapper e Beatmaker natural de Vila Real (e um dos primeiros da sua cidade). Foi “Baza, baza”, de Boss AC, que acendeu a faísca do seu interesse pelo Hip-Hop e desde então foi movido por uma intensa curiosidade em descobrir mais sobre este género musical. Em tempos pré-Internet, era através de um amigo que lhe chegavam as novidades, que iam nutrindo o seu amor por todas as vertentes da cultura. A necessidade aguça o engenho, já diz o ditado, e a falta de acesso fácil a batidas obrigou-o a abraçar também o papel de beatmaker, mesmo sem formação musical, e a desenvolver um fascínio pelos vários modelos da carismática Akai MPC.  Nomes da velha escola do movimento português como Dealema, Sam The Kid, Valete e Xeg e lendas do Hip-Hop americano como Nas, Pete Rock e DJ Premier influenciaram-no, e em 2006 teve um grupo de Rap com três amigos do bairro e um colega de turma, os ADN Zona, que lhe deu alguma experiência de palco. O grupo separou-se, mas D-Lay continuou a escrever e fazer beats, mal sabendo que anos mais tarde viria a ser um dos escolhidos por Fuse para a noite de comemoração dos seus 22 anos de carreira no Hard Club, efeméride que cimentou a sua reputação e o seu talento. Desde então tem vindo a trilhar o caminho que o levou até ao seu primeiro trabalho a solo, o EP “O Amanhã Não Espera”.


MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST


Categoria/s: Música,Post Patrocinado

UMA NOTA DE AGRADECIMENTO AOS NOSSOS PARCEIROS E PATROCINADORES pela confiança que depositam em nós, permitindo-nos manter e desenvolver este espaço.

Se tens uma marca, site, página, evento, produto, serviço ou projecto para divulgar e achas que te podemos ajudar, um post patrocinado como este pode ser a melhor forma de começar!

Para saber mais contacta-nos.