ainanas.com - deixa-te viciar!
Menu
Thriller de Michael Jackson faz hoje 30 anos
Thriller de Michael Jackson faz hoje 30 anos

O álbum que fez história e elevou definitivamente Michael Jackson ao estatuto de popularidade global foi lançado a 30 de novembro de 1982. Trinta anos depois é um marco maior na história da música.

O álbum que fez história e elevou definitivamente Michael Jackson ao estatuto de popularidade global foi lançado a 30 de novembro de 1982. Trinta anos depois, Thriller é um marco maior na história da música.

thriller

Há muitos anos que Michel Jackson era uma voz conhecida. Não só pelo trabalho nos Jackson 5 em inícios dos anos 70 como por uma carreira a solo também encetada nesses dias em que foi uma das grandes vozes de uma nova geração de figuras reveladas pela editora Motwon (que nos anos 60 tinha já sido a mais importante fonte de divulgação de música negra para um público branco).

Mas em 1979, sob a produção de Quincy Jones, o álbum Off The Wall, que assimilava ideias entre o disco sound e a pop para propor novas formas de encarar as heranças do rhythm”n”blues, lançava novas ideias. Ideias que ganhariam forma maior (e definitiva) em Thriller, disco que Michael Jackson editou a 30 de novembro de 1982. Faz hoje 30 anos.

Reduzi-lo à ideia de “álbum mais vendido da história” é reparar apenas nos números feitos por um disco que, na verdade, foi muito longe tanto no plano artístico como no espaço social no qual agiu de forma marcante, contribuindo para um progressivo esbatimento entre lógicas de separação pela cor da pele que eram ainda bem visíveis em inícios da década de 80, sobretudo nos espaços de decisão e poder.

Ao “coroar-se” rei da pop (é certo que foi estatuto do qual o marketing só falaria anos depois, mas assenta-lhe tão bem quanto a icónica luva que então usava), Michael Jacskon mostrou que um homem que não tinha nascido com pele branca podia ser mais que apenas uma referencia de popularidade. Podia ser um ícone. E se era preto ou branco, como ele mesmo cantaria anos depois, isso não importava. Ou começava a deixar de importar.

michael jackson

Thriller representou o aperfeiçoar de uma visão pop que resulta da confluência de uma série de referencias e raízes, não apenas nos espaços da chamada música negra, mas entre o panorama pop da época. Contém uma invulgar coleção de canções irrepreensíveis, de Billie Jean a Beat It, de Wanna Be Startin” Something ao tema-título e um dos dois duetos que na altura Michael Jackson gravou com Paul McCartney.

Apesar das experiências feitas nos dias de Off The Wall, é aqui que a relação de Michael Jackson com o teledisco se aprofunda, daí resultando episódios inesquecíveis como o foram os que vimos ao som de Billie Jean (caminhando naquela rua em que as pedras do chão se acendem passo a passo), Beat It (numa alusão ao clássico West Side Story) ou, naturalmente, Thriller, o filme de Michael Landis que mudou a história do teledisco.



MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST


Categoria/s: Música