ainanas.com - feliz natal!
Menu
“This is America” é o videoclip mais polémico dos últimos tempos
“This is America” é o videoclip mais polémico dos últimos tempos

Está a dar que falar e a gerar inúmeras interpretações e teorias. O vídeo da nova música de Childish Gambino foi colocado online no sábado e já teve mais de 70 milhões de visualizações.

Está a dar que falar e a gerar inúmeras interpretações e teorias. O vídeo da nova música de Childish Gambino foi colocado online no sábado e já teve mais de 70 milhões de visualizações.

“This is America” agitou o youtube, e não só. Críticos e analistas debruçaram-se com uma invulgar atenção sobre esta obra e páginas e páginas de artigos já foram publicadas, incluindo a da RTP que é fonte deste post.

QUEM É CHILDISH GAMBINO? Começando pelo mais fácil, Childish Gambino é o nome artístico de Donald Glover, ator conhecido pelos seus papeis em CommunityAtlanta, e no futuro Han Solo: Uma Aventura Star Wars, onde interpretará a versão jovem de Lando Carlissian. Muito antes de ser um dos nomes mais aclamados da TV e da música, Glover, que nasceu na Califórnia, era um estudante na NYU, quando chegou ao radar de Tina Fey e foi contratado para escrever para a série 30 Rock. Depois de três temporadas como guionista, em 2009 Glover passou a atuar em Community, onde ficou por cinco temporadas, e saiu em 2014. Depois de alguns filmes, em 2016 Glover criou a série Atlanta, onde escreve, ocasionalmente realiza, produz e atua.

São quatro minutos de cenas fortes e mensagens duras. “This is America”, de Childish Gambino, nome artístico de Donald Glover, entrou online no dia 5 e já conta com 73 milhões de visualizações e um hashtag #thisIsAmerica.

A cantora Erykah Badu chamou-o de “génio”. Bernice King, filha de Martin Luther King, disse “sem palavras”. Trent Reznor, do Nine Inch Nails, afirmou: “Não me lembro da última vez que vi um videoclipe até o fim, muito menos cinco vezes seguidas. Um trabalho incrível”.

“O vídeo de Childish Gambrino agarra-vos pela garganta”, escreve a CNN. A Dazed fala de um vídeo fenomenal cheio de alusões à história americana.

As interpretações sobre as referências, teorias por trás de “This is America” voam pela internet. São centenas. Algumas mais consensuais como o vídeo denunciar o racismo, o culto pelas armas de fogo, os massacres (como o de um coro), as perseguições policiais, a sociedade do entretenimento e do narcisismo.

Há outras referências, mais próximas aos americanos. Como a posição que o artista assume quando dá um tiro num encapuzado: um Jim Crow, o escravo negro rodeado de estereótipos negativos criado por Thomas Dartmouth.

O vídeo foi conhecido no dia em que Donald Glover foi o apresentador convidado do “Saturday Night Live”. No monólogo inicial, Glover dizia: “Sou um ator, compositor e um cantor. Algumas pessoas descrevem-me como uma tripla ameaça. Mas eu gosto de me ver apenas como uma ameaça”.

O vídeo, dirigido por Hiro Murai (também diretor de Atlanta), chega a ser chamado o videoclipe do ano.

Childish Gambino foi colocado pela Time na lista das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2017. Com “This is America”, Gambino corre sério risco de ver renovada a classificação… podendo até subir no ranking!


MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST


Categoria/s: Curiosidades