ainanas.com - deixa-te viciar!
Menu
O Futuro dos videojogos está ao VR da esquina
O Futuro dos videojogos está ao VR da esquina

Isto é um verdadeiro abuso! Tens de ver o nível a que já se está a chegar na Realidade Virtual!

Isto é um verdadeiro abuso! Tens de ver o nível a que já se está a chegar na Realidade Virtual!

Não sei qual é a tua experiência com realidade virtual, seja através da Playstation4, no PC ou até no Pornhub, mas podemos todos concordar que mais tarde ou mais cedo vai ser possível ligares um cateter ao braço enquanto passas o fim-de-semana inteiro com um capacete na cabeça a lutar contra o imperador X no reino de Y.

Se este tipo de conteúdo geralmente não te esquenta os pés, acredito que irás mudar de opinião assim que deres uma olhadela em Boneworks, um projeto do estúdio indie Stress Level Zero.

Estes rapazes já têm alguma experiência no que toca a videojogos com realidade virtual e nota-se que Boneworks está muito à frente da corrida em comparação com outros títulos, tendo em conta que se trata de um estúdio pequeno.

Por isso, se és alguém que adora VR, vou-te deixar aqui o trailer deste videojogo que te vai deixar tão duro(a) que cientistas terão de reclassificar-te como Homo erectus:

Se acederes à página da Steam de Boneworks, e depois de espreitares o trailer, consegues compreender que se trata de um título com muita ação e um nível de imersão incrível. Os diferentes tipos de físicas associadas às mecânicas e aos objetos que existem no mundo onde vais poder interagir parecem ser mesmo muito prometedores.

Para começar, em vez de teres dois braços flutuantes vais ter um corpo completo que colide com o mundo à tua volta, o que à partida deve querer dizer que as ações vão ser muito mais naturais. Noutros jogos de VR quando tens objetos em cima duma mesa e vais a pegar neles, as mãos da personagem passam pela mesa, neste caso o mesmo não parece acontecer o que ajuda a uma experiência mais fiel.

Os objetos vão ter diferentes massas, ou seja, ao manejares uma metralhadora, uma lança ou um bloco grande de cimento vais obter experiências diferentes. Já para não falar na quantidade absurda de armas à tua disposição, o que aumenta o número de maneiras de estragares a vida aos teus inimigos.  

O sistema de combate parece bom, mas a jogabilidade é algo que só quando experimentares é que vais saber se gostas ou não.

Em baixo vou-te deixar um vídeo onde vais poder ver os produtores a experimentar o videojogo e a testar as diferentes possibilidades dentro da sala de treino. Entre agarrar em praticamente tudo o que há para agarrar (ehehe), escalar postes, abrir caixas, fazer malabarismo com pistolas (não aconselhamos isto fora do jogo),… Há até uma altura em que o rapaz ajusta a própria altura da personagem para a sua altura na vida real. Isto são pequenas coisas que nos levam a pensar em todos os detalhes e todo o trabalho envolvido nisto.

Supostamente existe uma narrativa também, o objetivo é pegares em todas as ferramentas que estão à tua disposição e explorares os diferentes cenários resolvendo puzzles e lutando contra inimigos. Algo que vais poder fazer ainda este ano, uma vez que Boneworks está previsto para ser lançado em 2019.

Algo que também me despertou imensa curiosidade foi o tipo de comandos que eles estão a utilizar, que conseguem fazer com que os utilizadores tenham uma naturalidade maior a interagir com os objetos uma vez que conseguem movimentar os dedos individualmente e agarrar e largar coisas com uma aparente facilidade.  

Espreita aqui:

Pessoalmente, isto é algo que me deixa muito fascinado. Depois de ter experimentado títulos como Arizona Sunshine e Playstation VR Worlds e de ter adorado, irei sem dúvida estar mais atento a Boneworks.

E qual é a tua opinião sobre realidade virtual em videojogos? Já alguma vez experimentaste algum? A verdade é que o custo do equipamento ainda é um pouco elevado, uma vez que precisas de um headset e dos comandos.

Também não há para já assim muitos jogos VR que deixem o pessoal a babar-se todo, mas a experiência em si vale muito a pena, uma vez que entres naquele mundo parece que já não queres sair.


MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST


Categoria/s: Jogos


Publicado por João Soares
Gosto de pão de forma com côdea, não discrimino.

Instagram: @basco_da_grama