ainanas.com - deixa-te viciar!
Menu
Star Wars: The Last Jedi
Star Wars: The Last Jedi

“May the Force be with you.” E que esteja sempre! Principalmente, para os não-fanáticos da maior saga do cinema.

“May the Force be with you.”

E que esteja sempre! Principalmente, para os não-fanáticos da maior saga do cinema. Se um Gajo achava que o episódio anterior teria conseguido agarrar novos espectadores para esta mítica saga, então, quase que mudo de opinião depois de ver o mais recente capítulo, visto que, Rian Johnson não se preocupou demasiado em fazer algo extraordinário ou, melhor dizendo, mais arriscado.

The Last Jedi dá-nos praticamente tudo aquilo que queremo, desde o conflicto entre Rey e Kylo Ren, o conflicto entre o largo exército de Snoke e os rebeldes, até ao já velho conhecido, conflicto entre a Luz e o Lado Negro. Pelo meio temos, obviamente, os momentos de humor proporcionados por Chewie e os conhecidos droids, o problema reside naquilo que recebemos a mais, ou a menos. Dependendo da perspectiva.

Existe alguma falta de coerência entre o principal objectivo do filme e aquilo a que assistimos durante grande parte do mesmo. Um Gajo sentiu-se, várias vezes, perdido no enredo, um pouco como algumas personagens que praticamente só aparecem para product placement, se é que me entendem. A bem dizer, temos um valente “encher de chouriços” durante grande parte do filme que poderia ter sido preenchida de uma forma mais eficaz e agradável para os espectadores.

Um gajo estava na expectativa que este episódio respondesse às questões colocadas pelo anterior, mas a verdade é que coloca ainda mais questões às quais ficamos sem qualquer resposta. Sem spoilers, temos demasiada Disney num filme que merecia um tom mais obscuro e adulto, apesar de toda a goofy stuff a que a saga nos habituou.

Ainda assim, Rian Johnson dá-nos uma realização aprazível, com os devidos efeitos visuais e sonoros. Devo dizer que, visualmente, preferi o episódio anterior. O elenco fez o seu papel, com performances equilibradas, destacando Adam Driver que esteve irrepreensível naquilo que lhe foi pedido como Kylo Ren.

Confesso que preciso rever o filme para obter um opinião ainda mais sólida, mas The Last Jedi teria beneficiado imenso se fosse mais straight to the point e menos a pensar nos brinquedos que irão ser vendidos na época festiva. De qualquer das formas, um Gajo recomenda que o filme seja visto nas salas disponíveis se realmente forem fãs da saga.

Classificação: 7/10

Enjoy!


MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST


Categoria/s: Cinema