ainanas.com - deixa-te viciar!
Menu
DROGAS LEGAIS: Magic Mushroom, Chega de Mentiras!
DROGAS LEGAIS: Magic Mushroom, Chega de Mentiras!

Este post é um dos mais importantes que já fizemos. Nele denunciamos as MENTIRAS que a empresa que controla o mercado da droga em Portugal está a difundir. POR FAVOR LÊ E PARTILHA. Este cancro está a destruir a vida de muitas pessoas em Portugal, impunemente e com lucros gigantescos.

A vendedora de “drogas legais” Magic Mushroom (cogumelo mágico) publicou um comunicado oficial que só prova o que já todos sabemos: aquela merda queima o cérebro todo.

ESTÁ NA ALTURA DE ALGUÉM DIZER A VERDADE.

Este post é um dos mais importantes que já fizemos. Nele vamos, parágrafo a parágrafo, denunciar as MENTIRAS que esta empresa que controla o mercado da droga em Portugal está a difundir.

Se também acreditas que está na altura de isto acabar, pedimos-te que partilhes este post e faças barulho da forma que puderes. As smartshops estão a destruir cada vez mais vidas e alguém tem de as parar.

toxic bloomJá em Setembro de 2010 o ainanas alertou para o problema da expansão das drogas legais em Portugal mas parece que só agora é que as autoridades e os responsáveis políticos estão a aperceber-se de que isto é uma praga e está a lixar a vida de muitas pessoas e a fazer outros enriquecer enquanto gozam na cara da lei. Estas lojas matam conscientemente, impunemente e com lucro. Não faz sentido que possam continuar a fazer o que estão a fazer. Vendem químicos fortíssimos e com efeitos de longo prazo desconhecidos, para consumo humano (embora na embalagem diga o contrário).

Chamam-lhes “fertilizantes”, “incensos”, ou outros nomes idiotas.. mas na verdade estão a vender químicos produzidos na india, china e europa de leste, que geram efeitos semelhantes à cocaína ou ecstasy e são legais apenas porque são substancias novas, e como tal escapam às restrições em vigor. 

Estes mafiosos divertem-se a gozar com a lei. Basta que escrevam no pacote “isto não é para consumo humano”.. e já podem vender substancias psicoativas perigosas sem qualquer controlo. É simplesmente ridiculo.

Bem… Agora vamos ao comunicado da Magic Mushroom.

  • O texto original aparece em itálico.
  • Os comentários do ainanas ao texto aparecem a bold+red.

Dirigido aos Orgãos de comunicação social
7 de Dezembro de 2012
Comunicado Lojas Magic Mushroom

 

Derivado às recentes notícias apresentadas por grande parte da comunicação social e ao projecto de resolução apresentado pelo PSD, as lojas Magic Mushroom reservam-se ao direito de apresentar o seguinte comunicado: Em todas as notícias veiculadas na comunicação social acerca das denominadas “drogas legais”, e da sua venda nas “smart shop” ou “head shop”, não foi ouvido ou referido o ponto de vista por parte das Lojas Magic Mushroom.

Não se conhecem, de todo e verdadeiramente, as circunstâncias em que terão ocorrido os incidentes mencionados na comunicação social. A sua ligação / recondução às lojas “smart shop” é pura especulação. É deveras importante que se desmistifique esta questão, pois o problema referente às “drogas ilícitas” não começa nem acaba nas “smart shops”.
Agora devem ter parado para fumar qualquer coisa, porque perderam-se! Ò janados, vocês… as smartshops… vendem é DROGAS LEGAIS. As drogas ilícitas são as DROGAS ILEGAIS.. não tem nada a ver o que estamos a falar aqui. O problema é mesmo vocês venderem coisas legais, mas que fazem tão mal ou pior à saúde do que as que já são proibidas por lei.

Sendo as “smart shop” um dos alvos evidentes desta situação, seria natural que fosse dada a oportunidade de se pronunciarem e de colaborarem com as autoridades, facto que não se verificou. As “smart shop” poderão ser “aliados” das autoridades, devem ser vistas como parte da solução do problema. É uma colaboração que deve ser privilegiada, em vez de um sistema de acções de fiscalização baseadas em denúncias anónimas ou em meras suspeitas.
Mas vocês drogam-se mesmo muito… Aliados das autoridades? mas quem é que vocês se julgam? Vocês deviam era ser todos presos por estarem a destruir a saúde das pessoas conscientemente e a gozar com a lei. Vocês não são “parte do problema”, vocês são O PROBLEMA que finalmente alguns agentes estão a tentar resolver. E quanto às denúncias, não são só anónimas. Há muita gente, incluindo nós, disposta a dar a cara para dizer a verdade. Nas vossas lojas vende-se droga, todos sabemos disso. Não são fertilizantes nem sais de banho nem porra nenhuma.. é droga pesada e perigosa.

Nunca foi dada uma real e concreta definição de “drogas legais”, parecendo que só pelo facto de serem vendidas em “smart shops” ou “head shops” se tornam suspeitas.
Não percebem a definição de drogas legais? Tentem decompor. São substancias psicoativas (drogas) cuja venda/produção/consumo não é proíbido por lei, tipicamente por lentidão na actividade legislativa. Ou seja, vocês inventam drogas novas mais depressa do que é possível criar leis para as proibir.. e assim, gozam com o sistema. Já percebem?

Todos os nossos produtos estão rotulados e com as bulas exigidas pelas entidades responsáveis. Esta situação é verificada quase semanalmente por estas mesmas entidades.
Isto é simplesmente uma mentira descarada. Rótulos? BULAS? Peguem num pacote de Bloom! A Bloom é um pó branco para snifar. o efeito é semelhante à cocaína+mdma, embora tenha efeitos negativos muito mais acentuados como taquicardias, paranóias, insónias, etc. Estes filhos da puta, que não têm outro nome, será que sabem o que diz no rótulo do produto que vendem? “fertilizante para plantas. utilização: utilizar 0,5g de fertilizante para plantas por metro quadrado. Não exceder a dose à excepção do uso em plantas maiores.” A sério, não percebo como é que vocês não são todos presos. 

Nas nossas lojas, não vendemos produtos a menores de 18 anos. Todos os clientes terão que apresentar um documento de identificação no acto da compra. No caso de serem menores de idade, não efectuamos a venda a esse mesmo cliente.
Outra mentira descarada. Qual documento de identificação qual quê? Temos casos próximos de miudos com 15 e 16 anos que já estavam a ficar viciados nessa porcaria porque compravam sem qualquer problema todos os fins de semana! E os bandidos da vossa loja até dão conselhos sobre como tomar a droga para ter mais efeito: quanto tempo antes das festas, em que dose, qual a mais forte, etc. Depois vêm dizer para a televisão que os vossos produtos não são para consumo humano? LOL. 

O “período de quarentena” que vai ser criado servirá para testar e analisar o produto em causa e durante o referido período, o mesmo não poderá ser vendido, seja considerado, ou não, um estupefaciente. Desde 2010 que a ASAE nos recolheu alguns produtos para análise e, mesmo depois de enviarmos 6 cartas para sabermos qual o andamento do processo, até à data não temos qualquer tipo de informação em relação aos produtos recolhidos pela referida entidade.
É triste ver que vocês não percebem o vosso próprio negócio. TODAS estas porcarias que vocês vendem são estupefacientes / psicotrópicos. O que a ASAE tenta verificar quando recolhe os vossos produtos, é se cairam no erro de utilizar alguma substancia presente na lista de substancias controladas em Portugal, constante nos anexos do Decreto-Lei n.o 15/93.  Por exemplo, até há bem pouco tempo vocês usavam mefedrona, uma substância cujo consumo origina episódios psicóticos, crises de ansiedade, taquicardias e pode até mesmo levar à morte. Vocês vendiam-na na maior tranquilidade PORQUE NAO ESTAVA NA LISTA. Agora já está na lista, por isso já não vendem essa.. mas vendem outras praticamente iguais. Basta alterarem ligeiramente a molécula e já é uma substancia nova. Brincam com a lei… e por enquanto ninguém faz nada.

Todo o universo das chamadas “drogas lícitas” é muito mais vasto e abrangente do que aquilo que se pode encontrar numa “smart shop”. O negócio das “smart shop” é legal e legítimo, logo não faz qualquer tipo de sentido a ligação dos empresários donos de “smart shop” à delinquência e à criminalidade. Nem todas as “smart shop” comercializam os mesmos produtos.
Falam falam e não dizem nada. O universo de todas as drogas legais existentes é mais vasto do que aquilo que se pode encontrar numa smartshop? NO SHIT! PARECE LÓGICO. O oceano é mais vasto do que a água de qualquer praia. What’s your fucking point? Mais.. dizem que é “legal e legítimo”. Sim, é legal.. mas não é ético nem legítimo. É um crime que ainda não foi devidamente enquadrado. Vocês vendem substancias tóxicas em pacotes que aparentam ser de gomas!

Apresentam-se como divertidos e inofensivos, e depois arruinam a saúde e a vida de quem se atravessa no vosso caminho. E sim, todas as vossas smartshops vendem a mesma merda, o vosso “fornecedor” é apenas uma fachada chamada AURAFEEL, que pertence aos mesmos donos. Magic Mushroom e Aurafeel são a mesma máquina. Vocês controlam o mercado todo em Portugal e por isso têm dinheiro suficiente para fazer pressões e prolongar o vosso reinado, travando a criação de leis.

Em suma, a nossa disponibilidade para trabalhar em conjunto com as autoridades é total. Pretendemos ser ouvidos para ajudarmos à desmistificação tanto das “drogas lícitas” como das próprias “smart shop”. As “smart shops” não podem ser usadas como bode expiatório para um conjunto de acontecimentos que ocorreram em circunstâncias que se desconhecem e onde nunca se conseguiu aferir a real verdade dos factos.
Fantástico, são mestres de dizer NADA em muitas palavras. “um conjunto de acontecimentos que ocorreram em circunstâncias que se desconhecem e onde nunca se conseguiu aferir a real verdade dos factos“.

A REAL VERDADE DOS FACTOS é que a Magic Mushroom, tal como as outras smartshops no mercado, vende substâncias perigosas para a saúde, conscientes do mal que estão a fazer às pessoas e sem as avisar do perigo que correm.

A REAL VERDADE DOS FACTOS é que os vossos funcionários são tão mal preparados que fazem recomendações de forma quase aleatória,não têm A MAIS PEQUENA IDEIA da composição química das fórmulas psicotropicas que estão a meter na mão dos clientes. A unica intenção que demonstram é a de vender e transformar os clientes em viciados.

A REAL VERDADE DOS FACTOS é que vocês são um cancro na nossa sociedade e estão a roubar vidas, a destruir a saúde de muitos e muitos jovens que vão na cantiga dos vossos slogans divertidos e rotulos coloridos.

A REAL VERDADE DOS FACTOS é que vocês são criminosos, a lei é que ainda não teve tempo de escrever sobre vocês. Esperamos que esteja para breve. Assassinos.

Estamos no mínimo revoltados com a passividade das autoridades perante este manifesto gozo. Estão a ser bandarilhados de forma desqualificante. Assim como podemos acreditar na justiça? Façam qualquer coisa!

Se concordas com o que acabaste de ler por favor não deixes de partilhar. É muito importante que se saiba o que estes bandidos andam a fazer à vista de todos, mas sem que a maior parte da população compreenda realmente a gravidade da situação.

smartshops
Não deixes este assunto morrer. Poderás estar a salvar vidas.


MERECE O TEU LIKE?


PARTILHA ESTE POST